Frank Lloyd Wright
Obras e projectos

Um livro de Bruno Zevi

Fora de estoque

Avisar quando estiver disponível:
E-mail:
R$79,00

Frank Lloyd Wright (1867-1959) é, sem dúvida, o grande mestre da arquitectura norte-americana do século XX. Começou a estudar engenharia na University of Wisconsin e, em 1887, mudou-se para Chicago, onde trabalhou no escritório dos arquitectos Adler & Sullivan. A partir de 1887 começa a realizar seus próprios projectos, trabalhando sobre a proposta de "planta livre" e o predomínio da horizontalidade, elevando as casas sobre uma base de pedra, com telhados com grandes balanços e com a convicção de que as janelas não são simples aberturas mas exercem uma função estrutural. Entre sua extensa obra cabe destacar o edifício de escritórios Larkin (Buffalo, 1904), a casa Robie (Chicago, 1908), a famosa Casa da Cascata (Bear Run, 1936), os edifícios para a S. C. Johnson & Son Administration (Racine, 1936-1950), a escola de Taliesin West (Scottsdale, 1938) ou o Museu Guggenheim (Nova Iorque, 1959).

Descrição técnica do livro:

14 x 20 cm
302 páginas
Espanhol, Português
ISBN/EAN: 9788425212116
Brochura
1985
Descrição
Descrição

Detalhes

Frank Lloyd Wright (1867-1959) é, sem dúvida, o grande mestre da arquitectura norte-americana do século XX. Começou a estudar engenharia na University of Wisconsin e, em 1887, mudou-se para Chicago, onde trabalhou no escritório dos arquitectos Adler & Sullivan. A partir de 1887 começa a realizar seus próprios projectos, trabalhando sobre a proposta de "planta livre" e o predomínio da horizontalidade, elevando as casas sobre uma base de pedra, com telhados com grandes balanços e com a convicção de que as janelas não são simples aberturas mas exercem uma função estrutural. Entre sua extensa obra cabe destacar o edifício de escritórios Larkin (Buffalo, 1904), a casa Robie (Chicago, 1908), a famosa Casa da Cascata (Bear Run, 1936), os edifícios para a S. C. Johnson & Son Administration (Racine, 1936-1950), a escola de Taliesin West (Scottsdale, 1938) ou o Museu Guggenheim (Nova Iorque, 1959).

Bruno Zevi (1918-2000) começou a estudar arquitectura em Roma e graduou-se na Harvard University. Foi professor das faculdades de arquitectura de Veneza e Roma, e professor convidado em diversas universidades do mundo. É autor de importantes livros de história e teoria da arquitectura, entre os quais se encontram: Arquitectura in nuce: uma definição de arquitectura, Saber ver a arquitectura e História da arquitectura moderna.
Índice
Índice

Índice
9 A constante redescoberta de Wright
1887-1898 Entre o medievalismo e Sullivan: a liberação dos códigos
23 Desenho para a Capela Unitária, Sioux City
23 Desenho apresentado para ser admitido no estúdio Adler & Sullivan, Chicago
24 Casa R. P. Parker, Oak Park
25 Casa W. M. Gale, Oak Park
26 Casa W. H. Winslow, River Forest
28 Casa do arquitecto, Oak Park
34 Apartamentos F. Terrace, Chicago
36 Moinho de vento Romeo e Giulietta, Spring Green
37 Clube de Golfe, River Forest
38 Casa N. G. Moore, Oak Park
39 Casa G. Furbeck, Oak Park
1900-1903 Planta articulada e reintegração paisagística
40 Casas numa cidade da pradaria. Projectos
42 Casa W. Hickox, Kankakee
44 Casa F. Thomas (ex-Rogers), Oak Park
46 Casa W. G. Fricke (depois E. Martin), Oak Park
50 Casa W. W. Willittis, Highland Park
52 Casa S. L. Dana, Springfield
54 Casa A. Heurtley, Oak Park
56 Escola particular Hillside, Spring Green
58 Clube náutico Yahara, Madison. Projecto
59 Casa E. A. Davenport, River Forest
1904-1909 Casas na pradaria e espaço urbano introvertido
60 Casa D. D. Martin, Buffalo
64 Edifício para a administração da Larkin Co., Buffalo
70 Casa W. A. Glasner, Glencoe
71 Casa T. P. Hardy, Racine
72 Templo Unitário, Oak Park
78 Casa P. A. Beachy, Oak Park
80 Casa I. Roberts, River Forest
82 Casa F. F. Thomek, Riverside
83 Casa J. R. Ziegler, Frankfort
84 Casa A. Coonley, Riverside
88 Casa H. Mc Cormick, Lake Forest. Projecto
89 Casa T. H. Gale, Oak Park
90 Casa F. C. Robie, Chicago
96 Apartamentos Lexington Terraces, Chicago. Projecto
1910-1912 Exílio e regresso: Taliesin
98 Estúdio do arquitecto, Fiesole. Projecto
99 Taliesin I, Spring Green
1913-1924 A natureza dos materiais: do Japão a California
100 Midway Garden, Chicago
104 Imperial Hotel, Tóquio
110 E. H. Doheny Ranch, Sierra Madre Mountains. Projecto
111 Colónia de verão Tahoe, Lake Tahoe. Projectos
112 Casa A. Barnsdall, Los Angeles
114 Casa G. M. Millard («La Miniatura»), Pasadena
118 Casa J. Storer, Los Angeles
120 Casa S. Freeman, Los Angeles
122 Casa C. Ennis, Los Angeles
126 National Life Insureance Co., Chicago. Projecto
1925-1935 De Taliesin a Broadacre City
128 Taliesin III, Spring Green
136 San Marcos-in-the-Desert, Chandler. Projectos
138 «Ocatillo», acampamento no deserto, Chandler
140 St. Mark’s Tower, Nova Iorque. Projecto
142 Apartamentos E. Noble, Los Angeles. Projecto
143 Casa junto ao rio Mesa, Denver. Projecto
144 Casa H. E. Willey, Minneapolis
146 Broadacre City. Projecto
1936-1938 As obras primas
152 Casa E. Kaufmann («Fallingwater»), Bear Run
160 Edifícios e torre para os laboratórios da S. C. Johnson & Son Administration, Racine
166 Taliesin West, Scottsdale
174 Casa P. R. Hanna, Stanford
176 Casa H. F. Johnson, West Point
1939-1940 As casas usonianas
180 Casas Suntop, Ardmore
182 Casa S. Rosenbaum, Florence
184 Casa K. Winckler e A. Goetsch, Okemos
188 Casa G. D. Sturges, Brentwood Heights
192 Casa R. Pauson, Phoenix
196 Casa Ll. Lewis, Libertyville
200 Casa J. C. Pew, Shorewood Hills
202 Rogers Lacy Hotel, Dallas. Projecto
203 Crystal Heights Hotel, Washington. Projecto
1941-1955 As pesquisas do «continuum» espacial
204 Casa C. D. Wall, Plymouth
206 Casa H. Jacobs (1), Madison
208 Casa H. Jacobs (2), Middleton
210 Casa A. Miller, Charles City
214 Clube de férias Huntington Hartford. Projecto
216 Loja V. C. Morris, São Francisco
218 Casa V. C. Morris, São Francisco. Projecto
220 Igreja Unitária, Madison
224 Casa D. Wright, Phoenix
226 Casa S. Freidman, Pleasantville
228 Casa A. Adelman, Fox Point
229 Casa B. Adelman, Phoenix
230 Masieri Memorial, Veneza. Projecto
232 Casa J. Boomer, Phoenix
234 Casa H. C. Price Jr., Bartlesville
237 Casa H. C. Price Jr., Scottsdale
238 Torre Price, Bartlesville
1956-1959 Do arranha-céus de uma milha de altura ao Guggenheim Museum
242 Arranha-céus de uma milha de altura, Chicago. Projecto
244 Centro cívico de Monona, Madison. Projecto
245 Projecto «Oasis», Phoenix
246 Florida Southern College, Lakeland
248 Museu Solomon R. Guggenheim, Nova Iorque
256 Sinagoga Beth Sholom, Elkins Park
262 Trinity Chapel, Norman. Projecto
269 Biografia
288 Lista das obras
300 Lista dos fotógrafos
As citações de Frank Lloyd Wright referidas no texto e na biografia foram tiradas de An Autobiography, Nova Iorque, 1932 e de F. Ll. Wright, A Testament, Nova Iorque, 1957.
 
Leia um trecho
Leia um trecho
O constante redescobrimento de Wright

Entre os pontos críticos determinados pela herética figura de Wright, quatro se revestem de um particular interesse:
- a sua postura diante das principais tendências arquitetônicas surgidas a partir da última década do século passado até hoje e consequentemente o seu destino crítico;
- a excepcionalidade da formação não só fora do âmbito dos profissionais americanos mas igualmente longe dos parâmetros típicos da tradição ocidental, oscilante entre o espaço e o tempo, classicismo monumental e romantismo pitoresco; a escolha «antihistórica» de isolar-se da metrópole para potencializar uma personalidade agressiva, voltada para intervenções inéditas e hipóteses revolucionárias, entre as quais a cidade-território (p. 146) e o arranhacéu de uma milha de altura (p. 242);
- o uso simultâneo e flexível das constantes da linguagem moderna, onde os elementos funcionais, o espaço harmoniosamente ritmado e a homogeneidade dos ambientes dominam sobre a assimetria e a dissonância, a tridimensionalidade antiperspectiva, a decomposição quadridimensional e a integração estrutural;
- a capacidade de penetrar no núcleo dos problemas filosóficos científicos e artísticos, elaborando uma metodologia de projeto em sintonia perfeita com o pensamento mais avançado da nossa época, especialmente com a concepção da relatividade de Einstein.
Escolhendo estes pontos, o itinerário de Wright aqui documentado ganha um rigor extraordinário mantendo, entretanto, a sua imensa carga de originalidade e espontaneidade criativa.

Resenhas de Cliente

Dê-nos sua opinião

Escrever sua própria revisão

Você está revisando: Frank Lloyd Wright

Como você avalia este produto? *

Suzane
Livro compato e bastante didático.
Ótimo Livro. Muito útil para as aulas de projeto.
Enilton
Essencial na história da arquitetura moderna
Excelente livro, essencial para quem busca conhecer a obra do velho mestre.