BRASIL · Parcele suas compras em até 3 x sem juros com o Paypal, parcelas mínimas de R$ 50,00

Desenhando pessoas em ação
Guia prático para registrar gestos e cenas em urban sketching

Um livro de Lynne Chapman

Sair por aí desenhando e pintando as pessoas in loco é uma grande aventura que nos permite criar ilustrações de forma espontânea, além de registrar valiosas recordações sobre os indivíduos, os lugares e os momentos que vivenciamos. Contudo, desenhar pessoas também implica desafios e peculiaridades: quais são os segredos de desenhar uma boca, orelha ou olho? Quem ficará imóvel enquanto você desenha? Como registrar as pessoas em seus desenhos enquanto elas se movem? Como desenhar rapidamente sem fazer um esboço?

Este livro oferece aos iniciantes do desenho uma infinidade de conselhos simples e práticos que lhes darão a confiança para desenhar todo tipo de pessoas em situações variadas. Além de conhecer os materiais e instrumentos básicos do urban sketching, com este guia você aprenderá a observar seus modelos com atenção e destreza, usando diversas técnicas que lhe ajudarão a desenhar e pintar rapidamente, mas sem deixar de experimentar novos estilos.

Abordando desde a anatomia humana, as ações e as cenas mais recorrentes até os estilos, as estratégias e o desenho do movimento, este manual simples e bastante ilustrado lhe ajudará a reforçar suas habilidades de desenho e mudará para sempre sua maneira de registrar aquilo que vê.

Descrição técnica do livro:

21.5 x 28 cm
128 páginas
Português
ISBN/EAN: 9788584520732
Brochura
2016


Descrição
Descrição

Detalhes

Sair por aí desenhando e pintando as pessoas in loco é uma grande aventura que nos permite criar ilustrações de forma espontânea, além de registrar valiosas recordações sobre os indivíduos, os lugares e os momentos que vivenciamos. Contudo, desenhar pessoas também implica desafios e peculiaridades: quais são os segredos de desenhar uma boca, orelha ou olho? Quem ficará imóvel enquanto você desenha? Como registrar as pessoas em seus desenhos enquanto elas se movem? Como desenhar rapidamente sem fazer um esboço?

Este livro oferece aos iniciantes do desenho uma infinidade de conselhos simples e práticos que lhes darão a confiança para desenhar todo tipo de pessoas em situações variadas. Além de conhecer os materiais e instrumentos básicos do urban sketching, com este guia você aprenderá a observar seus modelos com atenção e destreza, usando diversas técnicas que lhe ajudarão a desenhar e pintar rapidamente, mas sem deixar de experimentar novos estilos.

Abordando desde a anatomia humana, as ações e as cenas mais recorrentes até os estilos, as estratégias e o desenho do movimento, este manual simples e bastante ilustrado lhe ajudará a reforçar suas habilidades de desenho e mudará para sempre sua maneira de registrar aquilo que vê.

Lynne Chapman já publicou trinta livros infantis, todos ilustrados com lápis coloridos. É fundadora de Urban Sketchers Yorkshire e organiza SketchCrawls todos os meses. Lynne também faz oficinas de urban sketching pelo mundo inteiro e publica seus desenhos no blog An Illustrator’s Life for Me! (lynnechapman.blogspot.co.uk).

Índice
Índice

Sumário

Como começar   
Blocos de desenho
Materiais de desenho a seco
Materiais de desenho com água
Um kit pessoal
“Nem sei desenhar bonecos-palitos!”: procurando a estrutura
Entendendo os valores tonais
Desenhando os detalhes: Olhos
Desenhando os detalhes: Orelhas
Desenhando os detalhes: Narizes e bocas
Desenhando os detalhes: Representando diferentes idades
Desenhando os detalhes: Cabelo
Desenhando os detalhes: Mãos
Desenhando os detalhes: Pés
Desenhando os detalhes: Roupas

Desenhando nos mais diversos locais
Desenhar desconhecidos é intimidante
Quem escolher
Músicos
Pessoas dormindo
No carro
A leitura
Enviando mensagens de texto
Comendo e bebendo
Na rua
Cabeleireiros
Mercados de rua
Desconhecidos em um trem

Diferentes estilos e abordagens
Menos é mais
Linhas fluidas
Criatividade ao colorir
Pintando antes de desenhar
Planejamento rápido
Ampliando
Pessoas em seus ambientes
Pessoas à distância

As pessoas se movem!    
Trabalhando rapidamente
Sentindo as linhas
Figuras humanas compostas
O uso limitado das cores
Desenhar sem fazer esboços
Ações repetitivas
Sobrepondo posições
Abandonando o realismo

Índice
Créditos das ilustrações

Leia um trecho
Leia um trecho

Texto da introdução

Seja bem-vindo a meu mundo!

Desenhar é minha paixão e sempre teve um papel central em minha vida. Trabalhei como ilustradora freelancer durante trinta anos, mas ao longo de todo aquele período, continuei a desenhar apenas por prazer, usando meus blocos de rascunho. Há algo único e extremamente pessoal em um desenho feito em um bloco: os momentos e as pessoas que você registra, uma vez colocados naquelas folhas, permanecem seus para sempre.

Até cerca de dez anos atrás, eu somente desenhava a lápis, às vezes usando lápis colorido. Raramente desenhava pessoas e apenas levava meu bloco de rascunho quando estava em férias. Nos demais momentos, ele ficava abandonado em uma prateleira de meu ateliê.

Então tudo mudou. Logo depois que comecei a ilustrar livros infantis, passei a receber convites para conduzir oficinas de desenho em escolas e, de repente, eu estava viajando de trem por todo o Reino Unido. Certo dia, em vez de ler um romance para matar o tempo, peguei um bloco e comecei a desenhar os outros passageiros do meu vagão. Assim, descobri por acaso um dos lugares mais fáceis para desenhar pessoas e finalmente dei-me conta de que o registro de meu mundo cotidiano era, no mínimo, tão interessante quanto fazer desenhos durante as minhas férias.

Postei na internet alguns daqueles desenhos feitos no trem, e eles foram vistos por Gabi Campanario, que me convidou para participar de um grupo novo muito interessante, chamado Urban Sketchers. Não fazia a mínima ideia de que isso mudaria minha vida e me levaria para viajar pelo mundo inteiro. Também afetou minha maneira de desenhar: a inspiração que tive com a obra de outros membros do Urban Sketchers deu liberdade a minhas abordagens artísticas. Meus retratos de trem irromperam em cores. Passei a desenhar músicos, pessoas nos cafés, nos ônibus, na rua... Experimentei todos os tipos de materiais e instrumentos de desenho disponíveis e aprendi sozinha a usar aquarelas. Meus desenhos continuam evoluindo, afinal sempre há algo empolgante a se conquistar.

Ao longo deste livro, compartilharei com você uma variedade de dicas e técnicas que lhe ajudarão a retratar pessoas com mais confiança, e também espero poder lhe transmitir algumas fontes de inspiração que descobri. Quero lhe dar o poder de lidar com a representação da figura humana em muitas situações diferentes e aumentar sua autoconfiança para desenhar em público. Ao longo dessa jornada, darei sugestões que visam a enriquecer sua experiência como desenhista em geral, de modo que sua atividade se torne a mais divertida possível.

Copyright dos textos: os autores
Copyright da presente ediçao: Editorial Gustavo Gili SL

O que a imprensa disse
O que a imprensa disse

Desenhando pessoas em ação

(Redação, Publishnews, 05/17)

Ler mais

«Sair por aí desenhando e pintando as pessoas in loco é uma grande aventura que nos permite criar ilustrações de forma espontânea, além de registrar valiosas recordações sobre os indivíduos, os lugares e os momentos que vivenciamos.» (Redação, Publishnews, 05/17)

Resenhas de Cliente

Dê-nos sua opinião

Escrever sua própria revisão

Você está revisando: Desenhando pessoas em ação

Como você avalia este produto? *