A prática do urban sketching
25 exercícios para desenhar na rua

Um livro de Jens Hübner

Novidade

Caneta não inclusa.

Esclarecimento: este livro trata-se de uma tradução fiel a edição alemã. O livro não está acompanhado de caneta ou qualquer outro acessório.

Mais do que um livro de desenho, está em suas mãos um guia prático defi nitivo com 25 exercícios e truques simples que farão você mergulhar de cabeça no mundo do urban sketching. Como criar esboços sem se intimidar por um sketchbook que você acabou de comprar? Como fazer desenhos rápidos? Como obter profundidade espacial? O que é preciso levar em conta na hora de colorir um esboço? Como encontrar o melhor lugar para desenhar?

Não importa se você é iniciante ou se já desenha há bastante tempo: Jens Hübner resolve todas as dúvidas técnicas e práticas com as quais qualquer urban sketcher se depara mais cedo ou mais tarde. Na rua, em um café, no metrô ou na sala de espera, com este guia de bolso você começará a desenhar sem perceber.

 

Descrição técnica do livro:

12,5 x 17,5 cm
128 páginas
Português
ISBN/EAN: 9788584521692
Capa flexível
2020


Descrição
Descrição

Detalhes

Caneta não inclusa.

Esclarecimento: este livro trata-se de uma tradução fiel a edição alemã. O livro não está acompanhado de caneta ou qualquer outro acessório.

Mais do que um livro de desenho, está em suas mãos um guia prático defi nitivo com 25 exercícios e truques simples que farão você mergulhar de cabeça no mundo do urban sketching. Como criar esboços sem se intimidar por um sketchbook que você acabou de comprar? Como fazer desenhos rápidos? Como obter profundidade espacial? O que é preciso levar em conta na hora de colorir um esboço? Como encontrar o melhor lugar para desenhar?

Não importa se você é iniciante ou se já desenha há bastante tempo: Jens Hübner resolve todas as dúvidas técnicas e práticas com as quais qualquer urban sketcher se depara mais cedo ou mais tarde. Na rua, em um café, no metrô ou na sala de espera, com este guia de bolso você começará a desenhar sem perceber.

 

Jens Hübner mora e trabalha em Berlim, apesar de estar sempre viajando para outras cidades da Alemanha ou mesmo da África como guia turístico e professor de desenho. Formado em design e dono de um estilo inconfundível, Hübner consegue transportar o essencial para o papel usando apenas caneta, pincel e traços rápidos. Há mais de dois anos ele publica um desenho por dia em sua página no Facebook "One Day One Sketch-Jens Hübner". www.jenshuebner.de

Índice
Índice

Índice

O que é urban sketching?
O manifesto da Urban Sketchers
Do que vamos falar aqui?

Fundamentos

Esboços
   Como perder o medo de um sketchbook novinho em folha?
   Rabisque! Experimente tudo o que sua caneta tem a oferecer.

Linha de base e limites do desenho
   Como posicionar o tema no sketchbook de forma interessante?
   Use o espa¡¨o entre a linha de base e a extremidade superior do desenho para inserir seu motivo (que pode ser uma casa, pessoas ou uma árvore).

Abstração e detalhes
   Como fazer esboços rápidos?
   Reduza a paisagem de uma cidade ou de um parque a estruturas simples que poder¡¤o ser enfatizadas com apenas um detalhe.

Iluminação em evidência
   Como representar a luz de forma que o desenho adquira contornos plásticos?
   Desenhe seu lápis sendo iluminado por uma fonte de luz que incide do alto, à esquerda, ou uma pessoa andando sobre uma superfície refletora.

Profundidade espacial
   Como dar profundidade espacial aos meus desenhos?
   Desenhe a paisagem de um parque ou de uma cidade utilizando pelo menos um dos cinco truques de profundidade.

Tonalidades
   Como usar tonalidades para criar uma ambientação apropriada?
   Desenhe uma rua, uma pra¡¨a ou uma cafeteria utilizando tonalidades mais fortes e chapadas para representar aquilo que está mais próximo do observador.

Complementando um esboço
   Como complementar um esboço que já está pronto?
   Faça um esboço e use carimbos, letras, manchas ou pontos para complementá-lo.

Canetas, lápis e outros meios de desenho

Características dos materiais de desenho
   O que é possível fazer com canetas de ponta fina, com ponta de feltro ou tinteiro?
   Desenhe a fachada de uma casa usando uma caneta de ponta fina e dando destaque às características típicas desse meio.

Desenhando com borracha
   O que podemos fazer com lápis e borracha?
   Faça um desenho e utilize sua borracha para clarear algumas áreas de mais detalhe.

Lápis aquareláveis
   O que podemos fazer com lápis aquareláveis?
   Utilize um pincel umedecido para obter transi¡¨¡es suaves em um desenho feito com lápis aquarelável.

Desenhando em papéis de diferentes tonalidades
   Quais são as vantagens de desenhar em um papel que não seja branco?
   Desenhe uma cena noturna de forma que você trabalhe com as cores do claro para o escuro e também do escuro para o claro.

Cores

Colorindo esboços
   O que precisamos observar ao colorir nossos esboços?
   Usando poucas cores, crie áreas de destaque que contrastem com um esbo¡¨o feito a lápis.

Cores e ambientação
   Como usar as cores para representar a atmosfera de uma cena?
   Desenhe um sinal de tr¡£nsito e pinte seu plano de fundo usando as cores típicas da esta¡¨¡¤o do ano que você escolher.

Misturando cores
   Como obter milhões de tonalidades a partir da mistura de tão poucas cores básicas?
   Misture azul e marrom para criar uma tonalidade de cinza. A seguir, use essa mistura para colorir o esboço de um objeto simples, como seu lápis, por exemplo.

Cores e profundidade espacial
   Como usar as cores para obter profundidade espacial?
   Reforce a profundidade espacial de um esbo¡¨o aplicando transparências ou utilizando tonalidades quentes e frias de maneira consciente.

Cores e destaques
   Como evitar um caos de cores?
   Pinte uma base colorida, fa¡¨a um esbo¡¨o sobre ela e, a seguir, complete o desenho usando algumas poucas cores para destacar certos elementos.

Lugares

Lugares para desenhar
   Como encontrar o lugar mais adequado para desenhar?
   Faça dois esbo¡¨os, um em cada página: o primeiro, em um lugar tranquilo; o segundo, em um lugar movimentado. Seus meios de desenho e o estilo devem refletir as características desses lugares.

Desenhando em museus
   Em que devemos prestar atenção quando estamos desenhando em ambientes fechados?
   Desenhe os visitantes de um museu durante uma exposi¡¨¡¤o. N¡¤o se esque¡¨a de representar seu reflexo sobre o piso.

Desenhando na rua
   Em que devemos prestar atenção quando estamos desenhando em ambientes externos?
   Procure um lugar tranquilo (ou agitado) para se posicionar e, uma vez lá, fa¡¨a um desenho.

Desenhando em lugares com movimento
   Em que devemos prestar atenção quando estamos desenhando em um meio de transporte?
   Faça desenhos cegos de passageiros usando primeiramente uma caneta clara e, depois, uma escura. Os desenhos devem se sobrepor. Complete sua ilustraçao acrescentando as barras de ferro e colorindo o rosto das pessoas.

Temas

Edifícios
   Como representar edifícios de forma correta?
   Desenhe sua casa, seu escritório, sua escola ou seu supermercado in loco.

Trânsito
   Como desenhar meios de transporte em movimento?
   Desenhe vários meios de transporte em movimento a partir de uma perspectiva lateral.

Pessoas
   Como desenhar pessoas de maneira simplificada?
   Desenhe pedestres em uma movimentada rua comercial usando diferentes formas de representa¡¨¡¤o.

Pessoas em movimento
   Como desenhar pessoas em movimento?
   Usando canetas de diferentes tonalidades, desenhe pessoas sobrepostas. Comece usando a caneta mais clara.

Rostos e mãos
   Como desenhar rostos e mãos de maneira simples?
   Desenhe pessoas que estejam em um lugar tranquilo e use cores para enfatizar seu rosto e suas m¡¤os.

Autor
Agradecimentos

Leia um trecho
Leia um trecho

Do que vamos falar aqui?

Gosto de presenciar o surgimento das coisas. De modo geral, um esboço nada mais é do que a reprodução visual de uma ideia a ser desenvolvida mais adiante. Para mim, criar esboços é uma forma de lidar intensamente com os lugares e as pessoas que aparecem em meu caminho. Nesse sentido, os esboços que costumo criar na rua, no ponto de ônibus ou nas tardes com amigos podem ser considerados o resultado final do processo.

Ao apresentar meu trabalho em cursos ou eventos, sempre encontro espectadores que se sentem intimidados na hora de fazer esboços. É por isso que resolvi escrever este livro. Aqui, eu gostaria de dar algumas dicas de como vencer essa barreira e mostrar como desenhar no metrô, em uma lanchonete ou em qualquer outro lugar pode ser simples.

Os 25 exercícios presentes neste guia evitarão que você cometa os mesmos erros que eu cometi ao fazer desenhos in loco. No entanto, é claro que está longe do meu alcance abordar todas as situações que você poderá enfrentar. Os exercícios são apresentados em ordem gradual de dificuldade. Em primeiro lugar, gostaria de ajudá-lo a perder o medo da folha de papel em branco. Para isso, proponho alguns exercícios simples que poderão estimulá-lo a reservar um pouquinho de tempo para enxergar as coisas do seu dia a dia de uma maneira diferente.

A caneta artística PITT da Faber-Castell que acompanha este livro é uma das minhas favoritas para desenhar. Com ela, você pode começar a praticar agora mesmo! Apesar de bem pigmentada, sua tinta não costuma passar para o verso do papel (mesmo no caso de offsets de gramatura mais baixa). Aliás, isso é um fator decisivo quando a comparamos com outros tipos de caneta, tais como as hidrocores, marcadores de ponta fina etc. Além do mais, depois de seca, a tinta dessa caneta artística é resistente à água, o que quer dizer que você poderá colorir seus esboços usando aquarela ou canetas acrílicas.

Você pode usar seu livro para fazer desenhos tanto na horizontal como na vertical. Pode também usar as páginas duplas como duas páginas simples e desenhar como bem entender. O mais importante é que você o tenha sempre em mãos para poder criar esboços no metrô, na sala de espera do médico, no restaurante...

Copyright dos textos: os autores
Copyright da presente ediçao: Editorial Gustavo Gili SL

Resenhas de Cliente

Dê-nos sua opinião

Escrever sua própria revisão

Você está revisando: A prática do urban sketching

Como você avalia este produto? *