A cor como material e recurso visual

Disponível

Preço Normal: R$89,00

Special Price R$80,10

OU
Pré-venda Oferta Novidade

Pré-venda até 10/04. Produto em estoque, envio imediato!

A cor é pigmento e ilusão visual, matéria e cognição. Este livro apresenta uma série de experimentos e exercícios para explorar as possibilidades da cor com base nessa sua natureza dupla. Com um estilo suave e instrutivo, Peter Boerboom e Tim Proetel compartilham uma infinidade de técnicas, recursos e efeitos gráficos – como a transparência, as aguadas, as gotas e o ritmo – para que iniciantes e profissionais descubram e dominem o potencial expressivo da materialidade da cor e de seus efeitos em nossa percepção visual. Um compêndio prático que em pouco tempo passará a ser um aliado indispensável para a experimentação visual.

Descrição técnica do livro:

15,5 x 21 cm
192 páginas
Português
ISBN/EAN: 9788584521586
Brochura
2020
Descrição
Descrição

Detalhes

Pré-venda até 10/04. Produto em estoque, envio imediato!

A cor é pigmento e ilusão visual, matéria e cognição. Este livro apresenta uma série de experimentos e exercícios para explorar as possibilidades da cor com base nessa sua natureza dupla. Com um estilo suave e instrutivo, Peter Boerboom e Tim Proetel compartilham uma infinidade de técnicas, recursos e efeitos gráficos – como a transparência, as aguadas, as gotas e o ritmo – para que iniciantes e profissionais descubram e dominem o potencial expressivo da materialidade da cor e de seus efeitos em nossa percepção visual. Um compêndio prático que em pouco tempo passará a ser um aliado indispensável para a experimentação visual.

Peter Boerboom e Tim Proetel, formados em Arte pela Akademie der Bildenden Künste de Munique, na Alemanha, se dedicam à criação artística nas mais variadas vertentes, entre as quais estão as artes plásticas e a fotografi a, e ao seu ensino.

Peter Boerboom e Tim Proetel, formados em Arte pela Akademie der Bildenden Künste de Munique, na Alemanha, se dedicam à criação artística nas mais variadas vertentes, entre as quais estão as artes plásticas e a fotografi a, e ao seu ensino.

Índice
Índice

Índice

Materialidade e imaterialidade das cores
As cores primárias
Aplicação de cores
Organização das cores
Mistura de cores
Contrastes complementares
Sinalizar com cores
Quente e frio
Espacialidade por meio das cores
Tom sobre tom
Cores não puras
Imersão de cores

Glossário

Leia um trecho
Leia um trecho

Materialidade e imaterialidade das cores

Cores podem ser chamativas, sensuais, marcantes. Elas são usadas para nos acalmar, enfeitar, emocionar ou até confundir. Há momentos em que elas nos dominam e nos inebriam. No nosso dia a dia, nos orientamos pelas cores, recebendo informações por meio delas. Recorremos a elas para criar representações ou chamar atenção.

O efeito psicológico gerado por certas cores está profundamente enraizado em nossa mente – e o seu simbolismo tem força arquetípica. Tanto o efeito psicológico quanto o simbolismo estão baseados em experiências básicas de calor e frio, de existência e inexistência, de valor e irrelevância. No entanto, a percepção e, sobretudo, a forma de combinar as cores permanecem profundamente ligadas à subjetividade e a um gosto temporal, sempre em transformação.

Artistas, designers e cientistas sempre se ocuparam das cores, cada um à sua maneira. Os artistas utilizam as cores para criar imagens que revelem um significado. Os designers – esses profissionais que tornam o mundo material muito mais prazeroso – usam as cores de forma a guiar nossa percepção e criar uma sensação de ordem em seus esboços e nos objetos que projetam. Os cientistas, por sua vez, pesquisam o surgimento das cores por meio de ondas eletromagnéticas. Na tentativa de estabelecer alguns princípios nesse universo tão complexo que as cores representam, usamos sistemas – como o disco de cores, por exemplo – capazes de fazer com que conceitos anárquicos e emocionais fiquem mais tangíveis ao nosso pensamento.

A coletânea de experimentos, estudos e exercícios que apresentamos aqui é um convite para explorar as possibilidades que as cores nos oferecem em desenhos e pinturas. As cores têm uma natureza dupla importantíssima: se, por um lado, elas são um material de trabalho (tanto faz se em consistência pastosa, fluida ou mesmo em pó), por outro lado elas são também um fenômeno imaterial. O verdadeiro poder das cores se desdobra entre esses dois polos. Após misturada, a cor material será aplicada à imagem, ganhará forma e passará a ser perceptível. Tal qual uma luz fugaz e intangível, a cor ativará nosso sentido da visão e desencadeará sensações e significados.

Copyright dos textos: os autores
Copyright da presente ediçao: Editorial Gustavo Gili SL

Resenhas de Cliente

Dê-nos sua opinião

Escrever sua própria revisão

Você está revisando: A cor como material e recurso visual

Como você avalia este produto? *